Urgências

Chuva de Granizo causa danos e transtornos em Tijucas do Sul

Na data de 28 de dezembro de 2021, véspera de ano novo e comemorações, os munícipes de Tijucas do Sul foram obrigados a lidar com uma situação de desespero.

Por volta das 15:40hs daquela tarde, uma forte chuva veio a assolar e devastar o município. Boa parte da tempestade eram de grandes pedras de granizo, tão grandes que muitas pessoas declararam nunca ter visto algo igual.

A apuração aponta que mais de 800 famílias foram atingidas pelas pedras. As casas ficaram inundadas, perdendo-se os colchões, roupas e cobertas. Muitos cidadãos relataram que seus veículos ficaram amassados e com vidros quebrados. Alguns, em choque, tiveram que ver seu telhado ceder no meio da residência, sem conseguir fazer nada.

A Prefeitura de Tijucas do Sul, seus funcionários, legisladores e voluntários prontamente se reuniram para conseguir lonas e entregar àqueles que, durante a chuva, foram buscar por ajuda. Algumas equipes se deslocaram até os locais mais atingidos, levando as lonas para aqueles que sequer conseguiam ir até o Centro.

No dia seguinte, a Prefeitura organizou cadastros emergenciais das famílias que não teriam condições de conseguir repor seus telhados, para, o mais rápido possível, sanar o problema.

Com apoio da Defesa Civil, foi decretado o estado de emergência na cidade.

O fenômeno atingiu diferentes comunidades, dentre elas: Campo Alto, Campina, Morro Vermelho, Rio Abaixo, Rincão, Tabatinga, Campo das Flores, Fazendinha, Rodeio, Várzea, Xaxim, Ribeirão do Meio, Ribeirão do Mel, Barreiro, Campestre, Salto da Boa Vista e a Sede do Município.

Estima-se que mais de 300 produtores rurais e suas plantações/produtos foram atingidos, um prejuízo irreparável. Muitas famílias precisaram de doações de roupas, colchões, cobertas e alimentos. O setor industrial comercial e de serviços também obtiveram grandes prejuízos.

As estradas do município também foram afetadas, a chuva abriu valetas e buracos, o que levará um bom tempo para a recuperação de todas.

O Hospital Municipal, uma unidade de Saúde e 4 escolas, além do prédio da Prefeitura e barracões como o do pátio municipal e industrial do Colono foram fortemente afetados pelo granizo.

Em breve traremos mais números dessa calamidade.

Reforma UBS Tabatinga

A Secretaria de Saúde informa que a Unidade de Saúde de Tabatinga não terá atendimento até que a reforma seja concluída. Enquanto o atendimento não for restabelecido os pacientes devem procurar a Unidade de Saúde da Campina.
A UBS Tabatinga, que atende em um espaço cedido pela Igreja, está em reforma para que as condições de trabalho e atendimento sejam feitas da melhor maneira possível.