Política

POLÍTICA

Apesar de se constituir região povoada, a Vila de Tijucas só foi elevada à categoria de município em 14 de novembro de 1951, através da Lei Estadual n.º 790. O território foi desmembrado do município de São José dos Pinhais e a instalação oficial deu-se no dia 14 de dezembro de 1952.
Em 11/06/1861 foi criado o Distrito Policial de Ambrósios. A Lei 583, de 15/04/1880, criou o Distrito Judiciário de Ambrósios, mais tarde extinto, porém restabelecido pela Lei 977, de 11/04/1890. A Lei 708, de 25/11/1882, criou freguesia sob invocação de Nossa Senhora das Dores e com a denominação de Ambrósios.
Na Lei Estadual nº 790, de 14 de novembro de 1951, Tijucas do Sul compreendia dois Distritos: Agudos do Sul e Tijucas do Sul. O desmembramento com Agudos do Sul aconteceu através da Lei Estadual nº 4245, de 25 de julho de 1960.
O Decreto 7.573, de 20/10/1938, mudou o nome de Ambrósios para Tijucas, englobando, talvez, também a sede. Pelo Decreto-Lei estadual de 199, de 30/12/1943, o distrito de Tijucas teve o nome mudado para Aruatã, que depois mudou para Tijucas do Sul, quando da criação do município”.
PREFEITOS

João Claudino Machado
1952 a 1956
1961 a 1964

Nyr Marcílio de Oliveira
1957 a 1960
1965 a 1968

João Boniecki
1969 a 1972


João Maria Claudino
1973 a 1976
1993 a 1996
2001 a 2004

João Camargo
1977 a 1980

Floriano Valaski
1981 a 1982

José Antenor Dissenha
1983 a 1988

Antenor Batista da Rocha
1989 a 1992
1997 a 2000

Leonidies Bogo Junior
2005 a 2008

José Altair Moreira
2009 a 2012
2013 a 2016

Fonte:
ROCHA, Sedinei Sales. Tijucas do Sul: aspectos gerais de formação, criação e evolução do município. Campo Largo: Oni Gráfica e Editora Ltda, 2005;
FERREIRA, João Carlos Vicente. Municípios paranaenses: origens e significados de seus nomes. Curitiba: Secretaria do Estado da Cultura, 2006.