Secretarias

Balanço do 1° mês de gestão: Secretaria de Educação

Hoje conheceremos o trabalho realizado no primeiro mês de gestão da Secretaria de Educação, do secretário Danilo Santos.

Mesmo em meio à dificuldade enfrentada nessa pandemia, a pasta da Educação vem desempenhando com seriedade o seu compromisso.

As ações no último ano foram mudadas drasticamente, e que resultaram em um grande planejamento nunca feito, para manter todos os alunos do município estudando. E além disso, a secretaria precisou administrar outras questões que já eram triviais e que precisam se manter durante a gestão.

Dentre os serviços realizados podemos destacar:

  • Gestão das 15 Instituições de ensino, sendo elas: 10 escolas de Ensino Fundamental e 5 Centros Municipais de Educação Infantil, com um número aproximado de 1.940 alunos;
  • Validação junto ao Núcleo Regional de Educação das atividades não presenciais do ano de 2020;
  • Relatório final do ano letivo de 2020 junto ao Sistema Estadual de Registros Escolares;
  • Adesão dos Livros Registros de Classe Online para todas as Instituições de ensino municipais;
  • Cadastro, matrícula e organização das turmas de alunos no Sistema Estadual de Registros Escolares;
  • Manutenção dos processos de autorização de funcionamento/credenciamento, renovação de autorização de funcionamento da Instituição (andamento de três processos);
  • Emissão de 15 históricos escolares para aposentadorias;
  • Organização do quadro de professores, turmas e funcionários das Instituições municipais;
  • Organização dos dias de estudo e planejamento para os professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental;
  • Reuniões com Assistente Social, Coordenação da Educação Infantil, Equipes pedagógicas dos CMEI’S modalidade creche, e pais ou responsáveis com o intuito de esclarecer sobre o início do ano letivo;
  • Validação da documentação dos professores com inscrição no Processo Seletivo Simplificado (PSS) âmbito municipal, juntamente com a Comissão de Avaliação;
  • Reunião com os diretores das Instituições de Ensino Municipais para direcionamento do início do ano letivo e demais organizações;
  •  Encontro com os profissionais da Universidade Tuiuti do Paraná- Núcleo de Pesquisa em Educação do Campo, Movimentos Sociais e Práticas Pedagógicas (NUPECAMP) para fins de processos formativos para os professores da rede municipal;
  • Reunião juntamente com o Conselho Municipal de Educação para fins de discussão sobre o retorno das aulas e aprovação do Decreto Municipal que visa iniciar o ano letivo com aulas remotas;
  • Reuniões entre as Equipes Pedagógicas dos Colégios Estaduais e da Secretaria Municipal de Educação para transição de alunos do 5º ano para o 6º ano do Ensino Fundamental;
  • Orientações às instituições de ensino sobre a manipulação de recursos tecnológicos para reuniões virtuais e formação continuada;
  • Reunião interna dos profissionais da Secretaria Municipal de Educação e Cultura com fins de planejamento e organização do trabalho;
  • Encaminhamentos de alunos com necessidades educacionais especiais para atendimentos especializados;
  • Acompanhamento aos alunos em consulta com médico Neurologista, em parceria com a Escola Especial Mário Quintana;
  • Participação da Assistência Social em audiências junto ao Ministério Público;
  • Visitas domiciliares da Assistência Social;
  • Elaboração de projetos pela Assistência Social desta secretaria em parceria com as demais secretarias do município;
  • Atendimento às Instituições de Ensino pela Assistência Social desta secretaria;
  • Mapeamento da demanda a ser trabalhada pela Assistência Social desta secretaria e cadastro das famílias que estão iniciando o vínculo escolar (novos atendidos);
  • Aquisição de Programa software (Pergamum) para biblioteca municipal;
  • Serviços de internet para atender as Instituições de Ensino;
  • Solicitação de compras (gêneros alimentícios, material de limpeza, equipamentos de informática, etc);
  • Solicitação de abertura de processos licitatórios diversos para atender a demanda educacional no ano letivo de 2021 como: Toner, Gás, Merenda escolar, Material de construção, Dedetização, Fossas sépticas, Material gráfico, Licitação banheiros adaptados, Serviços linha telefônica, etc;
  • Aquisição de EPIs para todos os funcionários da educação.

A Secretaria de Educação não mede esforços e o comprometimento para que todos os alunos da rede municipal mantenham a qualidade no ensino.

Balanço do 1° mês de gestão: Secretaria de Turismo e Meio Ambiente

Hoje é dia de conhecer o trabalho no primeiro mês de gestão da Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, comandada pelo secretário Manoel Marcos da Silva.

Nessa gestão o Turismo de Tijucas do Sul tem sido bastante visado, pois entende-se que o potencial que o município tem a oferecer é gigante, o que consequentemente trará bons frutos na geração de renda e desenvolvimento para a cidade.

Entre os trabalhos realizados podemos destacar:

  • Levantamento de informações sobre a situação documental de alguns imóveis para futuros projetos;
  • Reuniões e estudo para enfim efetivar a reivindicação do Portal do Município junto à Arteris Litoral Sul;
  • Encontros com a URBITEC para a elaboração do novo Plano Diretor;
  • Levantamento de material para o desenvolvimento do Mapa Turístico da Rota do Pinhão;
  • Estudo para a implantação de nova rota turística na região do Rio de Una;
  • Atualização e levantamento turístico do município;
  • Planejamento e agendamento de cursos para as rotas e caminhada na natureza.

Visto que o município é rico em áreas naturais, e que necessita de políticas públicas para a questão da preservação e sustentabilidade, o setor de Meio Ambiente também tem se destacado pelos serviços realizados:

  • Levantamento de informações da situação da ARECICLA (Associação de Reciclagem);
  • Instalação de lixeiras comunitárias (já estudando a aquisição de mais unidades);
  • Estudo sobre o ICMS Ecológico, para aumentar os valores arrecadados;
  • Cadastro de mananciais e RPPNs (Reserva Particular do Patrimônio Natural);
  • Identificação de situações de alagamento no município;
  • Busca de apoio técnico para projeto de desassoreamento;
  • Projeto de recomposição de mata ciliar;
  • Fornecimento de mudas de mata nativa para recomposição;
  • Limpeza de um ponto de lixo clandestino no Salto da Boa Vista;
  • CAR (Cadastro Ambiental Rural) cadastros novos e correção (RETIFICAÇÃO) de cadastros já existentes;
  • Orientação (licenças para forno de carvão, licença para corte de árvores, licença de lava-car, licença para tanque de combustível);
  • Fiscalização, Vistorias e laudos técnicos referentes a solicitações de Ministério Público, Instituto água e Terra e Delegacia de Meio Ambiente;
  • Emissão de certidão para uso e ocupação do solo;
  • Autorizações municipais segundo Resolução SEMA 051/2009;
  • Monitoramento da coleta de lixo comum e reciclável bem como elaboração de rotas;
  • Controle de resíduos no aterro da ESTRE junto com a CONRESOL;
  • Emissão de parecer ambiental referente a protocolos e solicitações da Defesa Civil;
  • Preenchimento de requerimento de informações ambientais referente a localização para fins de ligação de energia;
  • Requerimento de Dispensa de Licenciamento Ambiental (via SGA – Sistema de Gestão Ambiental);
  • Licença para porte e uso de Motosserra (Cadastro, alterações de dados, alteração de motosserra, etc);
  • Atualização da licença e recuperação de senhas;
  • Parecer ambiental para corte de até cinco árvores nativas e não constante na lista de espécies ameaçadas de extinção por propriedade (não podendo ser transportada).

 A Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, mesmo enfrentando a crise gerada pela pandemia, vem se estruturando para poder ofertar o suporte necessário ao munícipe que necessite de tal apoio em seu comércio ou propriedade.

Balanço do 1° mês de gestão: Secretaria de Infraestrutura, Viação e Obras

Um dos setores com maior demanda de serviços, sem dúvida é a Secretaria de Infraestrutura, Viação e Obras, comandada pelo secretário Zé Antônio.

Nesse início de gestão, o “Pátio” como é comumente chamado, está trabalhando a todo o vapor, pois principalmente se tratando de estradas, o município se encontra em um estado precário. São mais de 1200 quilômetros de vias, para uma equipe de manutenção pequena, além de enfrentar um mês de janeiro com muitas chuvas, se tornando um grande desafio para o novo secretário que não está medindo esforços para tentar atender as demandas.

No momento, a prioridade de manutenção são as principais estradas que contam com uma circulação maior de veículos. Porém, na medida em que as licitações começarem a ficar em dia, para se poder comprar equipamentos e materiais necessários para tais manutenções, o planejamento será expandido para as demais estradas rurais de nosso município.

Nesse primeiro mês de gestão podemos destacar alguns trabalhos realizados:

  • Reforma da Ponte em Fazendinha;
  • Serviço de retirada de grandes pedras e manutenção com saibro na estrada do Campestre, que há anos atrapalhavam a circulação de veículos;
  • Compra de mais 1.000 toneladas de Saibro para manutenção das estradas;
  • Manutenções nas localidades de Postinho, Pinhal do Borges, Córrego das Pedras, Morro Vermelho, Rio de Una, Ribeirão do Mel, Rodeio, Várzea, Flores, Fagundes, Ambrósios, Vila dos Paraguai, Campo Alto, Matulão, Campina, Cangoera, Papanduva, Saltinho, Lagoinha e Lagoa;
  • Limpeza e organização do barracão do pátio de máquinas;
  • Levantamento para reforma completa da rede elétrica do setor rodoviário, o qual foi solicitado com urgência;
  • Fiscalização e controle para recebimento do saibro, para a exigência de qualidade;
  • Fiscalização e controle no gasto de combustível;
  • Fiscalização e controle para execução dos serviços de iluminação pública;
  • Manutenção de um veículo Gol, o qual foi solicitado sessão de uso da Secretaria de Saúde para a Administração do setor rodoviário;
  • Pedido de manutenção de turbina de uma patrola, que havia quebrado, a qual já foi consertada e já está trabalhando novamente.

Também houve grande empenho nas solicitações de abertura de processos licitatórios de compra e contratação de serviços, sendo mais de 20 objetos, entre eles:

  •  Aquisição de saibro (já em processo de conclusão);
  • Manutenções prediais (já em processo de conclusão);
  • Aquisição de peças para manutenção de veículos, caminhões, máquinas, óleo, lubrificantes, pneus, etc;
  • Recapagem de pneus, serviços de moleiro;
  • Contratação de empresa especializada em serviços mecânicos e elétricos;
  • Serviços topográficos e de pesquisa de solo;
  • Instalação de pontos de ônibus;

A Secretaria reforça que está trabalhando para tentar atender todas as solicitações, na medida do possível, pedindo a compreensão de todos os munícipes.

Balanço do 1° mês de gestão: Secretaria de Assistência Social e Cidadania

Hoje conheceremos o trabalho da Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Tijucas do Sul, comandada pela srª Marilda de Fátima Alves Moreira, que tem na sua pasta a função de articular políticas públicas de Assistência Social de qualidade aos usuários.

O SUAS (Sistema Único da Assistência Social) organiza todas as ações em alguns tipos de proteção social.

Proteção Social Básica: destinada à prevenção de riscos sociais e pessoais, por meio da oferta de Programas, Projetos, Serviços e Benefícios a indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade social;

Proteção Social Especial, destinada a famílias e indivíduos que já se encontram em situação de risco e que tiveram seus direitos violados.

Sendo os Serviços de Proteção Social Básica

  • Órgão gestor;
  • Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Lagoinha;
  • Serviço de fortalecimento de vínculos : Núcleo Ceia;
  • Serviços de fortalecimento de vínculos : Núcleo Cres-Ser

(Os Serviços de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos, Núcleo CEIA; Núcleo Cres-Ser; e Idosos, neste momento estão suspensos devido a pandemia do novo Coronavirus)

Serviço de Proteção de Média Complexidade

  • Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos em situação de violência;
  • Abordagem psicossocial;
  • Orientação a pessoas que vivenciam situações de violência.

Neste mês de janeiro foram atendidas 818 familias (Secretaria de Assistência Social e CRAS Lagoinha. Os atendimento solicitados foram:

  • De livre demanda;
  • Benefícios eventuais (vulnerabilidade temporária, auxilio natalidade, auxilio funeral, isenção de documentos; e outros);
  • Pessoas em situação de violências;
  • Benefício de Transferência de Renda do Programa Bolsa Família;
  • Benefício de Prestação Continuada- BPC Idosos;
  • Benefício de Prestação Continuada- BPC – Pessoas com Deficiência;
  • Benefício de Isenção Tarifa Social (energia e água);
  • Isenção Tarifária de Transporte (Passe livre, carteira do Idoso);
  • Programa Estadual Leite das Crianças.

Serviços de Proteção Social Especial de Alta complexidade

  • Instituição de Acolhimento para crianças e Adolescentes Nossa Senhora das Dores, atualmente com 10 crianças institucionalizadas;
  • Insituição de Longa Permanência para idosos Ana Maoski Boniecki, atualmente com 17 idosos institucionalizados.

Marilda está encarando as dificuldades e desafios de atuar em meio à pandemia, mas reforça a ideia de que a Assistência Social é uma política essencial, e mesmo durante essa crise, a Secretaria (órgão Gestor) e CRAS Lagoinha mantém e ampliam suas ações, adaptadas conforme a demanda, mantendo seu funcionamento de segunda a sexta das 08:00hs às 12:00hs e das 13:00hs ás 17:00hs, presencialmente, como também utilizando-se do atendimento remoto, por meio de tecnologia de comunicação (whatsapp, telefone, etc), buscando atender as necessidades urgentes da população, observadas as recomendações dos órgãos da área de saúde.

Com a COVID-19, a vulnerabilidade social das famílias aumentou, consequentemente as solicitações do benefício de subsídio alimentar também, por isso esta sendo necessário priorizar a entrega para as famílias em alta vulnerabilidade social, conforme avaliação técnica.

Balanço do 1° mês de gestão: Secretaria de Saúde

Hoje é dia de conhecer o trabalho feito nesse primeiro mês de gestão, na Secretaria Municipal de Saúde, comandada pelo secretário Sebastião Cordeiro de Lima.

Todos sabem que a demanda da saúde é extensa, e engloba várias áreas dentro do serviço público. Esse desafio que é gerir toda essa rede, vem sendo bem desempenho pelo Sr. Sebastião. Nesse primeiro mês podemos destacar:

•             A gerência das 5 unidades de estratégia da família, que são divididas nas regiões: Campina, Fagundes, Vila Cubas, Lagoinha e Lagoa.

•             Na vigilância em saúde (sanitária e epidemiológica):

   – 295 coletas para exame do COVID-19 (94 positivos e 201 negativos);

   – 20 coletas de água para análise (10 análises físico químicas, e 10 análises microbiológicas);

   – 173 visitas para controle da Dengue;

   – 13 emissões de Licença Sanitária;

   – 3 inspeções em estabelecimentos de interesse sanitário;

   – 1 intimação à Sanepar a respeito da água;

   – 13 cadastros;

   – 25 notificações.

•             8 ocorrências na ouvidoria.

•             09 pacientes atendidos no transporte para hemodiálise (segundas, quartas e sextas)

•             580 doses de vacinas administradas

•             Aquisições da farmácia:

   – R$ 50.000,00 em medicamentos através do Consórcio Paraná Saúde;

   – R$ 7.034,00 para alimento nutricional/complemento alimentar;

   – R$ 2.835,00 para fraldas (idosos, acamados, portadores de deficiência congênica,etc);

   – R$ 580,56 em testes rápidos;

   – R$ 3.410,14 em insulinas;

   – R$ 1.000,57 em anticoncepcionais;

   – R$ 31,20 em medicamentos para toxoplasmose.

•             2749 consultas médicas e consultas realizadas por outros profissionais de nível superior;

•             7344 procedimentos diversos

•             583 pacientes transportados para Curitiba e região.

•             50 transportes de ambulância (emergência)

•             27 transportes do SAMU.

Com a pandemia o esforço da secretaria tem sido muito maior, mas na medida do possível, com o trabalho bem desempenhado por todos os profissionais, a cidade vem se mostrando atuante nas questões que envolvem a saúde do munícipe.

Secretaria Estadual da Família, Justiça e Trabalho está de portas abertas para as demandas de Tijucas do Sul

No dia 04 de fevereiro de 2021 o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho, Juliano Santos, juntamente com o Prefeito José Altair Moreira e seu vice, Professor Claudemir, receberam a visita do assessor do secretário Ney Leprevost, da Secretaria Estadual da Família, Justiça e Trabalho.

Entre os assuntos discutidos, está a construção do prédio do CRAS Lagoinha, projeto que encontra-se parado a anos, e que agora finalmente sairá do papel. Outro tema da reunião foi alguns pedidos para a área do SINE, que serão repassados ao secretário de estado, para possíveis contemplações.

O Sr. Juliano Kekis disse que as portas da secretaria de estado estão abertas para as demandas de Tijucas do Sul, o que garante segurança em futuros projetos pretendidos pelos gestores.

Balanço do 1° mês de gestão: Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho

Nos próximos dias você vai conhecer o serviço realizado nas secretarias durante o primeiro mês de gestão. O objetivo é informar a população sobre tudo o que é feito dentro da gestão pública.

Para começar, traremos o trabalho feito na Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho, do secretário Juliano Santos.

A pasta teve várias demandas a serem destacadas nesses primeiro 30 dias de janeiro. Entre as principais podemos destacar:

  • Parceria firmada com o SENAC, para disponibilização de 30 bolsas de estudo;
  • O total de 16 visitas nas empresas e comércio;
  • Encontro com uma indústria têxtil, que tem a intenção de instalar-se no município;
  • 218 cúrriculos encaminhados;
  • 09 empresas que disponibilizaram vagas pela agência;
  • 04 empresas que realizaram entrevistas nas dependências da agência;
  • 15 vagas efetivadas;
  • 387 atendimentos (atualização de cadastro, auxílio para carteira de trabalho digital, seguro-desemprego, informações sobre vagas, etc);
  • 336 atendimentos na sala do empreendedor (formalizações, baixas, declaração DASN, crédito fomento, demais serviços);
  • 302 atendimentos toten Copel e guias Detran.

O secretário Juliano Santos destaca que a previsão para fevereiro é ainda mais otimista, pois muitas das vagas disponibilizadas em janeiro terão seu processo de conclusão nesse segundo mês, sendo agora contabilizadas.

A secretaria está localizada na rodoviária central, e você também pode obter informações através do telefone: (41) 3629-1173.

Secretaria de Viação e Obras trabalha na revitalização das estradas

A Secretaria de Viação e Obras está trabalhando a todo vapor nesse início de ano. Mesmo com uma grande demanda, o setor vem realizando vários trabalhos nas estradas do município.

Tijucas do Sul possui aproximadamente 1500 quilômetros de estradas rurais, que demandam manutenções periódicas. Diante de várias reivindicações, a prefeitura está atendendo as localidades com uma maior urgência e que, nesse momento, possuem as estradas mais precárias.

Com um trabalho de colocação de saibro e retirada de pedras, o setor vem melhorando suas vias e evitando acidentes e avarias frequentes nos veículos, que sempre são relatados pelos munícipes.

                Vale frisar que na sequência todas as estradas municipais terão a sua devida atenção.

Curso gratuito de Assistente Administrativo

A Prefeitura Municipal de Tijucas do Sul, através das Secretarias de Assistência Social e Cidadania e Indústria, Comércio e Trabalho em parceria com o SENAI, está oferecendo à população de baixa renda curso de qualificação de Assistente Administrativo totalmente gratuito.
O curso terá carga horária de 160 horas/aula, com início em 23 de outubro. As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas até o dia 11 de outubro na Secretaria de Assistência Social e Cidadania. Os requisitos para a inscrição é ter idade mínima de 16 anos, estar cursando ou ter concluído o ensino médio e possuir renda familiar de até 03 salários mínimos.

O objetivo do curso é promover o desenvolvimento de competências profissionais de modo que os participantes atuem nos processos administrativos da empresa, executando atividades de apoio nas áreas de recursos humanos, finanças, produção, logística e vendas, observando os procedimentos operacionais e a legislação.

Mais informações pelo telefone 3629-1186 ou 3629-1210 ou diretamente na Secretaria de Assistência Social e Cidadania na Rua XV de Novembro, anexa ao Terminal Rodoviário.

 

Vigilância em saúde alerta para o uso de produtos de limpeza de venda clandestina

A vigilância em saúde alerta a população de Tijucas do Sul em relação ao uso de produtos de limpeza, também conhecidos como saneantes domissanitários, de venda clandestina. Esses produtos colocam em risco a saúde da população por vários motivos. O primeiro deles é a falta de garantia da composição dos produtos, tendo casos, por exemplo, que um produto a base de cloro tenha em sua composição quantidade acima da permitida pela legislação, podendo provocar queimaduras, problemas respiratórios, irritações, machucados e graves intoxicações e até mesmo levar a morte. O oposto também pode ocorrer com esses produtos, isto é, a composição dos princípios ativos pode estar abaixo da quantidade estabelecida por lei, nesses casos, o produto será ineficiente para a correta limpeza e sanitização de superfícies.

Existem, também, os problemas relacionados as embalagens utilizadas para a venda e armazenamento desses produtos, que reutilizam embalagens de garrafas de refrigerante que não permitem adequada proteção dos princípios ativos dos produtos contra a ação da luz solar, perdendo todo o seu efeito. Além disso, o uso de garrafas plásticas reutilizadas com conteúdo colorido, aumenta a possibilidades de ingestão. No município já tivemos caso de um idoso ingerir um líquido que estava armazenado em uma garrafa plástica, confundindo com refrigerante, o que causou queimaduras em vários órgãos o levando a óbito.

Sempre ao comprar esses tipos de produtos, observe o seu rótulo, este deve conter o nome do fabricante, endereço, telefone, nome do químico responsável pelo produto e a inscrição: “produto notificado na Anvisa/MS” ou o número do registro do Ministério da Saúde.

A venda de produtos clandestinos é classificada como infração sanitária. Denuncie a venda de produtos à Vigilância Sanitária pelos telefones: 41 3629-1523/ 3629-1511 ou pelo e-mail vigilancia.sanitaria@tijucasdosul.pr.gov.br.