Meio ambiente

100 dias de Governo: Secretaria de Turismo e Meio Ambiente (2ª Parte)

O Secretário Manoel Marcos da Silva também teve uma demanda grande na parte de meio ambiente, onde vários pontos foram levantados, estudados e trabalhados.

Podemos destacar:

• Regularização da ARECICLA;

• Instalação de lixeiras comunitárias e estudo para a aquisição de mais unidades;

• ICMS Ecológico: estudo dos valores e como poderão aumentar a arrecadação municipal;

• Cadastro de Mananciais e Reservas Particulares do Patrimônio Natural;

• Estudo para a contratação de empresa que realizará o plano de gestão integrada de resíduos sólidos (plano atual é de 2014, e encontra-se defasado);

• Identificação de situações de alagamentos no município através de reclamações e busca de soluções de desassoreamento;

• Projeto de castração;

• Projeto de Desassoreamento do Rio da Palha;

• Cadastro Ambiental Rural (CAR);

• Orientação para a emissão de licenças (forno de carvão, corte de árvores, lava car, tanque de combustível);

• Fiscalização, laudos técnicos referentes às solicitações de Ministério Público, Instituto Água e Terra e Delegacia do Meio Ambiente;

• Emissão de Certidão para uso e ocupação do solo;

• Autorizações municipais segundo Resolução SEMA 051/2009;

• Monitoramento da coleta de lixo comum e reciclável e elaboração de rotas;

• Controle de resíduos no aterro da ESTRE junto com a CONRESOL;

• Emissão do parecer ambiental referente a protocolos e solicitações da Defesa Civil;

• Preenchimento de requerimento de informações ambientais referente a localização para fins de ligação de energia;

• Requerimento para aquisição de mudas nativas;

• Requerimento de Dispensa de Licenciamento Ambiental;

• Licença para porte e uso de motosserra;

• Parecer ambiental para corte de até 5 árvores nativas;

• Resolução do problema de um lixão clandestino na localidade do Salto da Boa Vista.

Tijucas do Sul na busca de bons exemplos para as questões ambientais

            No dia (17/03/2021) o Prefeito José Altair Moreira da Rocha acompanhado Secretário de Meio Ambiente Manoel Marcos da Silva, fiscal de Meio Ambiente Letícia Cordeiro de Lima e do Estagiário em Agronomia Eduardo Rocha, visitaram a empresa TSA – Tecnologia em Sistemas Ambientais.

            A empresa TSA localizada em São José Dos Pinhais, tem como operação principal o tratamento, beneficiamento e processamento de resíduos sólidos urbanos e resíduos orgânicos.

            O beneficiamento de resíduos orgânicos por meio de compostagem e coprocessamento (com reatores para eliminação de patógenos) resulta em compostos com destinação a agricultura, transformando assim resíduos orgânicos em adubos e compostos.

            O processamento de resíduos urbanos é feito por meio da separação desses resíduos e coprocessamento, resultando em um produto com alto poder calorífico (poder de queima) muito atrativo a indústria cimenteira, a qual demonstra grande interesse na aquisição desses subprodutos.

            O objetivo da visita foi buscar subsídios técnicos e novas parcerias para o município, possibilitando uma melhor destinação dos resíduos orgânicos e sólidos urbanos gerados no município, e consequentemente tornando o município economicamente sustentável e ecológico.

Tijucas do Sul, tem a intensão de implantar a própria compostagem, o que traria benefícios tanto na questão de destinação do material orgânico como produção de insumos para a agricultura orgânica. O processamento dos resíduos acaba diminuindo muito o impacto ambiental, minimizando o volume de resíduos enviado aos aterros sanitários, possibilitando a reutilização de todos os tipos de resíduos não tóxicos.

Prefeitura busca a regularização da ARECICLA

Ontem, dia 02 de março, a ARECICLA e Prefeitura estiveram em conversa para propor a regularização da associação perante o município.

Espera-se que em breve a Prefeitura municipal possa firmar o convênio com a ARECICLA para que aja a correta coleta de materiais recicláveis dentro de Tijucas do Sul.

A Secretaria de Turismo e Meio Ambiente está fazendo um levantamento das necessidades do município na questão do lixo pois percebe-se o alto gasto mensal para tal fim, e a demanda de reciclagem que pode crescer, se feita de maneira organizada.

COMTURMA se reúne em Tijucas do Sul

Ontem dia 23, reuniram-se nas dependências do auditório da Prefeitura Municipal, membros do Conselho Municipal de Turismo e Meio Ambiente (COMTURMA).

Na pauta estava algumas questões de interesse do conselho:

  • Aquisição de mais lixeiras;
  • Proposta de mudança na lei do COMTURMA referente ao número de conselheiros;
  • Eleição da nova diretoria para o biênio de 2021/2022;
  • Apresentação do trabalho realizado no biênio 2019/2020, principalmente as metas alcançadas nesse tempo;
  • Proposta de planejamento do turismo para os próximos anos.

O COMTURMA, assim como outros conselhos municipais, é uma importante ferramenta pois regulamenta, planeja, fiscaliza e aprova projetos e orçamentos referentes ao Turismo e Meio Ambiente. Como a gestão está priorizando o Turismo na região, essas reuniões são fundamentais para traçar as estratégias que a cidade irá adotar para tais ações.

A pandemia alterou o calendário turístico do município e, algumas ações foram adiadas, mesmo assim as propostas estão sendo mantidas e espera-se uma boa perspectiva para o próximo ano.

Balanço do 1° mês de gestão: Secretaria de Turismo e Meio Ambiente

Hoje é dia de conhecer o trabalho no primeiro mês de gestão da Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, comandada pelo secretário Manoel Marcos da Silva.

Nessa gestão o Turismo de Tijucas do Sul tem sido bastante visado, pois entende-se que o potencial que o município tem a oferecer é gigante, o que consequentemente trará bons frutos na geração de renda e desenvolvimento para a cidade.

Entre os trabalhos realizados podemos destacar:

  • Levantamento de informações sobre a situação documental de alguns imóveis para futuros projetos;
  • Reuniões e estudo para enfim efetivar a reivindicação do Portal do Município junto à Arteris Litoral Sul;
  • Encontros com a URBITEC para a elaboração do novo Plano Diretor;
  • Levantamento de material para o desenvolvimento do Mapa Turístico da Rota do Pinhão;
  • Estudo para a implantação de nova rota turística na região do Rio de Una;
  • Atualização e levantamento turístico do município;
  • Planejamento e agendamento de cursos para as rotas e caminhada na natureza.

Visto que o município é rico em áreas naturais, e que necessita de políticas públicas para a questão da preservação e sustentabilidade, o setor de Meio Ambiente também tem se destacado pelos serviços realizados:

  • Levantamento de informações da situação da ARECICLA (Associação de Reciclagem);
  • Instalação de lixeiras comunitárias (já estudando a aquisição de mais unidades);
  • Estudo sobre o ICMS Ecológico, para aumentar os valores arrecadados;
  • Cadastro de mananciais e RPPNs (Reserva Particular do Patrimônio Natural);
  • Identificação de situações de alagamento no município;
  • Busca de apoio técnico para projeto de desassoreamento;
  • Projeto de recomposição de mata ciliar;
  • Fornecimento de mudas de mata nativa para recomposição;
  • Limpeza de um ponto de lixo clandestino no Salto da Boa Vista;
  • CAR (Cadastro Ambiental Rural) cadastros novos e correção (RETIFICAÇÃO) de cadastros já existentes;
  • Orientação (licenças para forno de carvão, licença para corte de árvores, licença de lava-car, licença para tanque de combustível);
  • Fiscalização, Vistorias e laudos técnicos referentes a solicitações de Ministério Público, Instituto água e Terra e Delegacia de Meio Ambiente;
  • Emissão de certidão para uso e ocupação do solo;
  • Autorizações municipais segundo Resolução SEMA 051/2009;
  • Monitoramento da coleta de lixo comum e reciclável bem como elaboração de rotas;
  • Controle de resíduos no aterro da ESTRE junto com a CONRESOL;
  • Emissão de parecer ambiental referente a protocolos e solicitações da Defesa Civil;
  • Preenchimento de requerimento de informações ambientais referente a localização para fins de ligação de energia;
  • Requerimento de Dispensa de Licenciamento Ambiental (via SGA – Sistema de Gestão Ambiental);
  • Licença para porte e uso de Motosserra (Cadastro, alterações de dados, alteração de motosserra, etc);
  • Atualização da licença e recuperação de senhas;
  • Parecer ambiental para corte de até cinco árvores nativas e não constante na lista de espécies ameaçadas de extinção por propriedade (não podendo ser transportada).

 A Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, mesmo enfrentando a crise gerada pela pandemia, vem se estruturando para poder ofertar o suporte necessário ao munícipe que necessite de tal apoio em seu comércio ou propriedade.

(IAT) Instituto Água e Terra inicia diálogo com o município

Na última quarta feira, 03, os gestores e equipe da prefeitura municipal estiveram reunidos com membros do IAT (Instituto Água e Terra).

O contato que foi intermediado pelo professor da Universidade Federal do Paraná, Eduardo Felga Gobbi, teve como objetivo principal, o início de um diálogo entre prefeitura e instituto para o estudo da criação de um parque municipal em nossa região.

O Programa Estadual Parques Urbanos, lançado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, em parceria com o Instituto Água e Terra, pretende incentivar a criação de parques em regiões de fundo de vale ou áreas com ações erosivas. Uma das características comuns às áreas de Fundo de Vale é a presença de recursos hídricos, o que aponta para a existência de Áreas de Preservação Permanente Ecológica (APP). Além do lazer e conservação ambiental, esses novos espaços podem ser potenciais turísticos para os municípios.

A reunião foi produtiva, tendo várias questões levantadas por ambos os lados. Após esse momento, os gestores conduziram uma visita até o Espaço Sergius Erdelyi, onde puderam conhecer o espaço e museu, tendo contato com o local e várias obras do artista. O Diretor de Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto, ficou impressionado com a riqueza natural e cultural que Tijucas do Sul possui, se mostrando disposto a cooperar com a cidade.

Dia do Meio Ambiente e lançamento do Ecoespaço Ambiental

Em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado hoje, 05 de junho, a Prefeitura de Tijucas do Sul instituiu a Semana de Incentivo à Conscientização Ambiental e Atividades Ambientais, através da Lei N° 627, de 04 de junho de 2018.

A semana de incentivo à conscientização ambiental e atividades ambientais tem como objetivo principal a conscientização ambiental, visando atividades que englobem conservação de fauna e flora, resíduos sólidos, recursos hídricos e educação ambiental, através de palestras e exposições.

A instituição da data tem por objetivo a valorização da natureza, estimulando todos à contribuírem para um ambiente economicamente viável, ecologicamente correto e socialmente justo.

Para dar início às atividades de educação ambiental, na manhã de hoje o “Ecoespaço Ambiental”, instalação de caráter itinerante, de cunho pedagógico, esteve instalado no Ginásio de Esportes Gibe, com a presença do prefeito César Matucheski, chefe do escritório regional do IAP Lucas Umbria, coordenadora de educação do IAP Ângela Panizzi, respresentando o secretário estadual do meio ambiente Antônio Bonetti a assessora de ganinete Danielle Tortato, cabo Augusto e soldado Nariane da Força Verde do Paraná, secretários municipais de Tijucas do Sul e Agudos do Sul, chefe do departamento de meio ambiente Ariane Nogueira dos Santos, fiscal do meio ambiente Letícia Cordeiro, representantes da Sanepar, funcionários das prefeituras de Tijucas do Sul e Agudos do Sul e alunos da rede municipal de ensino de Tijucas do Sul e de Agudos do Sul.

No evento de lançamento do Ecoespaço, os presentes puderam conhecer sobre a fauna, a flora, os biomas e a biodiversidade brasileira, com apresentação lúdica da coordenadora Ângela Panizzi, além de jogos educativos com os temas de educação ambiental, como dominó, jogos de tabuleiros, amarelinha, além da exposição dos animais do Batalhão da Força Verde da Polícia Militar do Paraná e do ônibus Eco Expresso da Sanepar.

A assessora de gabinete do secretário estadual do meio ambiente Antônio Bonetti, Danielle Tortato parabenizou o prefeito César Matucheski e o Setor de Meio Ambiente de Tijucas do Sul pela iniciativa em implantar a Semana de Incentivo à Conscientização Ambiental e Atividades Ambientais, comentando que é o primeiro município que a demonstrar, através de Lei a preocupação e o comprometimento com o meio ambiente, contribuindo com o desenvolvimento do município e a consciência dos cidadãos.

O prefeito César Matucheski agradeceu a presença de todos, falando sobre a importância da consciência e da educação ambiental. “Tudo o que fizermos hoje terá reflexo no futuro. Se formos bons cidadãos o meio ambiente nos recompensará. Se jogarmos lixo no chão, desperdiçarmos água, não cuidar do meio ambiente, iremos sofrer as consequências no futuro”, comenta o prefeito César Matucheski, que encerrou o evento entregando mudas de árvores aos presentes e a Lei N° 627, de 04 de junho de 2018, que institui a Semana de Incentivo à Conscientização Ambiental e Atividades Ambientais, aos representantes do IAP e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente.