Educação

Alunos do Colégio Francisco Camargo apresentam projeto aos gestores

Alunos e alunas do terceiro ano do Ensino Médio do Colégio Francisco Camargo estiveram na Prefeitura Municipal em conversa com os gestores sobre um projeto de autoria dos mesmos.

O projeto, que compõe a disciplina Projeto de vida, do novo Ensino médio ministrado pelo professor Diego Marmentini, que consiste em visitas e palestras nas escolas municipais de Tijucas do Sul.

Os alunos visitarão suas escolas anteriores e lá farão atividades com os alunos municipais para retribuírem um pouco do que foi lhes ensinado e também relembrar os bons tempos do passado.

Durante este período os estudantes farão uma campanha de arrecadação de alimentos.

Os responsáveis por este projeto são os alunos: Leonel Moura Sozzeki, Beatriz Carolina da Silva, Tailaine Antunes da Cruz, Mateus Teixeira e Pedro Machado.

II Encontro realizado na UFPR – Matinhos Litoral sobre o PPPEA (Projeto Político-Pedagógico da Educação Ambiental)

No dia 24 de agosto de 2022, foi realizado o II Encontro sobre o PPPEA (Projeto-político-pedagógico da Educação Ambiental) na UFPR de Matinhos Litoral. Estiveram presentes nesse evento, Fernando Parracho, Letícia da Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, Danilo José dos Santos e Rosana Aparecida da Cruz da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte.

O objetivo dessas formações é elaborar o projeto político – pedagógico da Educação Ambiental com um coletivo de representações de diferentes municípios que debatem aspectos relacionados a questão ambiental, o reconhecimento do território e a relação com as unidades de conservação.

Nesse sentido, também pretende-se retomarmos o Projeto Integrado no Município para pensarmos sobre uma proposta de Educação Ambiental que amplie aspectos relacionados a agroecologia articulados com a escola e comunidade.

Entrega de carteirinha para pessoas com deficiência intelectual e múltipla acontece na Câmara Municipal

Na tarde de ontem realizou-se na Câmara Municipal uma importante e emocionante cerimônia de entrega da carteirinha das pessoas com deficiência intelectual e múltipla e autismo.

Estavam presentes o vice-prefeito, Claudemir, representando o prefeito municipal; vereadora Raquel e o presidente da Câmara, Ricardo; secretária municipal de Saúde, Elaine; Sr. Marilda, Secretária de Assistência Social e Cidadania; Adelina, coordenadora de Educação Especial; Leticia Farias de Oliveira, aluna Autodefensora e demais autoridades e representantes da APAE municipal.

Foram entregues cerca de 30 carteirinhas aos que estavam presentes, todos alunos da Escola Mario Quintana- APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Tijucas do Sul. A carteirinha dos demais serão posteriormente entregues.

Este documento de identificação da pessoa portadora de deficiência está regido em lei em nosso município, através de uma proposta da vereadora Raquel, que se tornou a LEI Nº 772, DE 22 DE SETEMBRO DE 2021. Tem validade na cidade de Tijucas do Sul, e seu uso possibilitará atendimento prioritário.

APAE dá início a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

Entre os dias 21 a 28 de agosto comemora-se a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla que enfatiza a necessidade do empenho de toda a população na luta pela eliminação das barreiras para garantir a plena inclusão das pessoas com deficiência na sociedade.

Dando início as atividades, na segunda-feira a Escola Mario Quintana – APAE (Associação de Pais e amigos dos excepcionais) de Tijucas do Sul, realizou uma passeata na Rua XV de Novembro e na sequência uma cerimônia em frente a Prefeitura Municipal, com a participação dos gestores municipais e demais autoridades.

Usa-se desta data para convidar a sociedade a superar barreiras para garantir inclusão, o artigo 4º da Lei Brasileira de Inclusão (LBI) afirma: “Toda pessoa com deficiência tem direito à igualdade de oportunidades com as demais pessoas e não sofrerá nenhuma espécie de discriminação”.

São 45 milhões de pessoas com deficiência, que necessitam de ações para inclusão social. E eventos como esse servem para a desconstrução de barreiras que assim garantem uma sociedade mais inclusiva.

Professores de Educação Física participam de capacitação na PUC-PR

Ontem (24) os professores de Educação Física e coordenadores pedagógicos das Escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental I participaram de uma capacitação em avaliação motora com o objetivo de aplicar esse aprendizado em suas escolas.

Essa parceria entre a PUC-PR através do Departamento de Estudo de Desenvolvimento Motor juntamente com a Secretaria Municipal de Educação tem o objetivo de realizar um estudo pós pandêmico, com o foco de analisar se houve defasagem motora nos alunos do nosso município.

 Os professores de educação física irão aplicar os protocolos de avaliação motora TGMD 2 e o protocolo PROESP- BR.

A PUC-PR irá realizar a análise dos resultados e irá fornecer relatórios individuais por aluno, turma, escola e município.

Com essas informações os profissionais poderão agir diretamente no ponto mais afetado e propor medidas para o melhor desenvolvimento de nossos alunos.

Comitiva de Tijucas do Sul busca modelo de gestão em Boa Vista- RR

Na terça e quarta-feira, 16 e 17, uma comitiva de Tijucas do Sul estiveram na cidade de Boa Vista, em Roraima, Denise Rocha, Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte, Adelina Carvalho, coordenadora da Educação Inclusiva e Juliano, secretário do Desenvolvimento Econômico.

O motivo da visita foi que Boa Vista foi a primeira capital brasileira a instituir um programa voltado, exclusivamente para o desenvolvimento da primeira infância. Esta é uma política pública presente em todos os cantos da cidade, tornando-a uma referência para o Brasil e o mundo.

Estavam também o diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, técnicos do Sebrae/PR, secretários municipais de educação, gestores escolares e técnicos dos municípios de Campo Largo, Agudos do Sul e Piên. Quem incentivou a visita, foi o consultor do SEBRAE, Paulo Vieira, que também veio acompanhando a comitiva. Para ele, Boa Vista é um exemplo da possibilidade de um Brasil melhor.

O prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique, recepcionou os visitantes em reunião no gabinete com a presença do Comitê Intersetorial da Primeira Infância, onde apresentaram, teoricamente, as iniciativas do município nas áreas do social, saúde, educação e urbanismo. Em dois dias, a comitiva conheceu na prática o trabalho da rede que integra os serviços na capital roraimense.

Profissionais de Educação física realizam formação

Na última sexta-feira foi realizada uma formação para os profissionais de Educação física de todas as Instituições de Educação Infantil do município, com o propósito de trabalhar de forma efetiva os conceitos básicos relacionados ao desenvolvimento motor da criança desde seus primeiros anos de vida.

Tais como: motricidade fina e ampla, esquema corporal, orientação espacial, lateralidade entre outros, com o intuito de possibilitar o aprimoramento no processo de alfabetização nos anos posteriores.

Equipe de Saúde Mental realiza palestra nas escolas

A saúde mental é um importante fator que possibilita o ajuste necessário para lidar com as emoções positivas e negativas. Investir em estratégias que possibilitem o equilíbrio das funções mentais é essencial para um convívio social mais saudável.

As mudanças na vida das pessoas causadas pela pandemia de covid-19 também trouxeram grandes impactos na saúde mental, acarretando no aumento dos casos de ansiedade e depressão, principalmente entre jovens e adolescentes.

A estagiária de Psicologia, Caroline Santos Batista, do Programa de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, realizou uma palestra no Colégio Estadual Professora Kamilla Pivovar da Cruz, abordando os temas Ansiedade e Depressão com os alunos do 9°, 1°, 2° e 3° ano.

A Prefeitura Municipal através deste setor sempre busca promover este tipo de ação, visando uma melhor qualidade de vida para seus munícipes.

Curso de Licenciatura em Educação do Campo UFPR abre inscrições

O curso de Licenciatura em Educação do Campo da UFPR Litoral abre inscrições no dia 08 de agosto para o Processo Seletivo 2022, não será cobrada a taxa de inscrição.

O Edital do Processo Seletivo será publicado pelo NC/UFPR no dia 08 de agosto.

O curso tem o objetivo de ofertar uma formação na qual o egresso possa atuar:
a) na docência nas séries finais do ensino fundamental e ensino médio, neste caso, na área do conhecimento das Ciências da Natureza;
b) gestão de processos educativos;
c) organização de processos comunitários.
Na sua organização curricular prevê o Regime de Alternância com o qual compreende: Tempo universidade (TU), que corresponde ao período em que o estudante permanece na Universidade em contato direto com o saber sistematizado, planejando e recebendo orientações dos docentes e Tempo Comunidade (TC) , que corresponde ao período em que o estudante desenvolverá pesquisas, projetos, entre outras atividades em suas comunidades, escolas e demais espaços educativos a partir do planejamento e acompanhamento pedagógico dos docentes do curso.

QUEM PODE FAZER O CURSO

Os interessados devem ter concluído o Ensino Médio e se identifiquem com uma das seguintes categorias abaixo conforme constam no edital:

Categoria 1 – Educadores ou educadoras que prioritariamente não possuam qualquer curso de graduação e que estejam em atividade nas escolas/instituições do campo;

Categoria 2 – Educadores ou educadoras que prioritariamente não possuam qualquer curso de graduação e que atuem em processos educativos/formativos desenvolvidos por entidades ligadas a espaços educativos não formais vinculados ao campo, águas e florestas;

Categoria 3 – Pessoas que trabalham na agricultura familiar, nos assentamentos, nos acampamentos, arrendatários ou arrendatárias, meeiros ou meeiras, boiasfrias, pescadores ou pescadoras, indígenas, quilombolas, extrativistas e demais populações tradicionais do campo e povos indígenas;

Categoria 4 – Pessoas atuantes nos movimentos sociais ligados ao campo, associação de agricultores ou agricultores familiares, pescadores ou pescadoras, quilombolas, faxinalenses, povos indígenas e demais populações tradicionais do Brasil;

Categoria 5 – Filhos ou filhas de agricultores ou agricultores familiares, assentados ou assentadas, acampados ou acampadas, pescadores ou pescadoras, quilombolas, faxinalenses, arrendatários ou arrendatárias, meeiros ou meeiras, boias-frias, indígenas ou extrativistas e demais trabalhadores e trabalhadoras assalariados que atuem na agricultura familiar.

Importante: É necessário que os candidatos e candidatas comprovem, conforme orientações do edital, a categoria que se identificou.

DURAÇÃO

4 anos (8 semestres), com início das aulas em outubro de 2022.

VAGAS

Serão ofertadas 40 (quarenta) vagas na modalidade presencial em Regime de Alternância, a serem ofertadas no Setor Litoral da Universidade Federal do Paraná no município de Matinhos-PR.

CONTATO E INFORMAÇÕES

Site: http://www.litoral.ufpr.br/portal/lecampo/

e-mail: liceducampoufprlitoral@ufpr.br

Face: @lecampoufprlitoral

Observação: As pessoas que tiverem dificuldade, ou dúvida no preenchimento da inscrição, poderão se dirigir até a Secretaria Municipal de Educação nos dias 19 e 26 de agosto, das 9 às 17h.
Qualquer dúvida entrar em contato pelo fone: 3674- 1408 (Secretaria Municipal de Educação).