Cultura

Protagonismo feminino é representado com as artes de Natal da Praça Central

A força do protagonismo das mulheres na arte está sendo mostrada na Praça Central da cidade de Tijucas do Sul pela Professora Rosângela, organizadora da decoração natalina, juntamente com profissionais da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes.

Com o tema “Deixe a luz da esperança brilhar”, a decoração conta com cenários natalinos com guirlandas, estrelas e bolas. Árvores nativas da praça estão sendo enfeitadas com pingentes iluminados. Os monumentos também receberam luzes coloridas.

O Papai Noel estará no espaço no dia 19, podendo fazer fotos com as crianças, sem causar aglomeração. Além dele, haverá diversas atividades, como a feira gastronômica e de artesanato, apresentação de corais e bandas.

Parabenizamos a todos que de alguma forma tem ajudado a deixar a Praça Central tão bela, tentando transmitir os sentimentos do Natal, como o amor e fraternidade, tão necessários nos dias atuais.

Femuspop Live 2021 foi sucesso

Pra quem acompanhou o Femuspop esse ano, conseguiu notar uma grande mudança no formato do festival, que faz parte das comemorações de aniversário dos 70 anos de Tijucas do Sul.

Depois de muito planejamento, os organizadores optaram por transmitir o festival de forma híbrida, mantendo um protocolo devido à pandemia, e conseguiram inovar.

Os três dias de festival foram marcados pela participação do carismático jornalista Fernando Parracho, que aceitou o desafio de contribuir com a cultura local, apresentando o tradicional festival. Além dele, Jefferson Rocha, Chefe de Departamento de Cultura, ajudou na apresentação do Femuspop, que foi sucesso durante toda a sua execução.

Foram três noites em que famílias e comunidade em geral puderam apreciar o festival, que foi um verdadeiro show, no conforto de suas casas. Com uma excelente estrutura de transmissão e a experiente banda Femuspop, os munícipes puderam apreciar os cantores de nossa cidade, sempre tão talentosos em suas apresentações.

O formato “live” teve uma ótima aceitação, e já há a intenção de mantê-lo para as próximas edições que estão por vir.

O maior Femuspop já realizado em Tijucas do Sul já deixou saudades!

As fotos do evento estão disponíveis no link: https://bit.ly/femuspopfotos

Evento em comemoração ao aniversário de Tijucas do Sul é sucesso

No último domingo, dia 07, aconteceu na Praça Central o evento que faz parte da programação das comemorações do aniversário de 70 anos de Tijucas do Sul.

Muitas atividades ocorreram durante todo o dia, proporcionando aos munícipes um evento familiar e organizado.

Entre as atividades, a feira de rua voltou, depois de muito tempo. Com opções de alimentação e artesanato a feira foi sucesso, proporcionando um dia agradável.

O encontro de carros antigos, com a presença do Opalas Clube São José dos Pinhais, também proporcionou uma boa opção para os amantes dos modelos, que ficaram expostos no decorrer do dia. Os exemplares, além dos belos carros de alguns munícipes que também compartilham da mesma paixão, arrancaram olhares curiosos dos que por ali passaram.

Houve também apresentações de dança, que foram especialmente ensaiadas para o evento, que com suas coreografias, deixaram a tarde ainda mais alegre.

As bandas locais se apresentaram durante a tarde. A banda Fagundera trouxe o bom e velho rock-n roll, tocando seus clássicos nacionais. A Paranoá Roots trouxe todo o seu talento no estilo do reggae, com suas letras positivas e músicas bem executadas. Pra fechar a Banda Velho Ernesto, que também é prata da casa, fez um acústico animado com versões do melhor do pop rock nacional.

E assim ocorreu parte da programação dos 70 anos de emancipação de Tijucas do Sul. A programação completa pode ser vista nas redes sociais oficiais da Prefeitura, como também no seu site.

SHOW MARCIO JULIANO OUTRO SAMBA ENCERRA TURNÊ VIRTUAL EM TIJUCAS DO SUL

A transmissão (ao vivo) e gratuita será na sexta (01/10), às 19h, pelo Youtube.

Marcio Juliano – Outro Samba era para ser um show que circularia presencialmente em várias cidades do interior do Paraná, mas por conta da pandemia, a proposta teve que ser adaptada, o show ganhou formato digital e está sendo transmitido ao vivo pelo Youtube e direcionado para várias cidades, desde julho. Ele marca o lançamento do projeto e do DVD do cantor.

Paiçandu, Balsa Nova, Lapa, São Mateus do Sul, Antonina e Rio Negro já foram contempladas. As próximas cidades que estão na rota são:

-Medianeira, dia 30/09 (quinta), às 19h.   

-Tijucas do Sul, dia 01/10 (sexta), às 19h.                     

PeloCanal Marcio Juliano no Youtube – Link:

https://www.youtube.com/marciojuliano

         Tijucas do Sul será a última cidade por onde o show irá circular, por enquanto. Apesar de ser direcionado para cidades específicas, o show pode ser visto de qualquer lugar, basta clicar no link no dia e horário programados. Mas, após a transmissão não ficará mais disponível online.

O show audiovisual é uma colagem sofisticada de 12 clipes gravados em diferentes momentos e espaços, parte deles realizados em 2019 e outra em 2021, durante a pandemia. O clipe que abre o show Eu Quero Um Samba (Janet de Almeida e Haroldo Barbosa), por exemplo, retrata este contexto do isolamento social, foi criado a partir da colaboração de vários artistas que se gravaram dançando em suas casas. O Teatro Guaíra, em Curitiba, foi usado como locação para alguns clipes. O palco, a plateia, as coxias, e os camarins serviram de cenário para as gravações realizadas presencialmente no ano passado, respeitando todos os protocolos sanitários para garantir a segurança dos artistas e da equipe.

Outro Samba é um mergulho na Época de Ouro, período representado por uma geração de grandes compositores brasileiros entre 1929 e 1945, mas com uma leitura contemporânea deste universo musical. Conta com virtuoses como Sérgio Albach (clarone e clarinete), que também assina a direção musical, Daniel Migliavacca (bandolim e violão tenor), Lucas Melo (violão 7 cordas) e Luís Rolim (bateria e percussão).

Dorival Caymmi, Wilson Baptista, Noel Rosa, Pixinguinha, Ary Barroso estão presentes no repertório com narrativa diversa que homenageia o samba e suas múltiplas possibilidades, mas que sobretudo evoca a alegria, o amor e a superação da melancolia.

“As composições retratam um país que me interessa discutir, refletir e que, ainda hoje, abordam questões relevantes, como no caso da música Pedreiro Waldemar (Wilson Baptista e Roberto Martins) que constrói um edifício e depois não pode entrar. Bem oportuna também é a reflexão de Noel Rosa na mordaz e bem-humorada composição Com que Roupa? (Noel Rosa)”, conta Marcio Juliano que também dirige o trabalho.

Os clipes que compõem o show misturam diferentes linguagens e trazem a participação de muitos artistas. Estão presentes: Orquestra à Base de Sopro de Curitiba na faixa Boneco/Nega do Cabelo, releitura que mescla Nega do Cabelo Duro e Boneca de Pixe, que também conta com a participação das cantoras Érica Silva (Banda Mulamba), Iria Braga, Milena Tupy e da atriz Cassia Damasceno (Companhia Brasileira de Teatro). A cantora Uyara Torrente, da Banda Mais Bonita da Cidade, está em Judiaria de Lupicínio Rodrigues e a performer Giorgia Conceição – Miss G atua em Na Aldeia (Silvio Caldas, Caruzinho e De Chocolat). Tem ainda a participação ilustre de artistas de fora do Paraná, como a cantora Mônica Salmaso, considerada uma das mais importantes do Brasil, em Provei (Noel Rosa e Vadico), e o trombonista Raul de Souza, falecido em junho deste ano, que gravou Na Aldeia.

“Outro Samba é um convite para o compartilhar virtual, para a escuta coletiva que nos leva, através da música, a uma determinada história do Brasil. Uma possibilidade de conexão com nossa ancestralidade na tentativa de compreender os caminhos e as escolhas coletivas que nos trouxeram até aqui”, conclui Marcio.

Teaser: https://www.youtube.com/marciojuliano

Projeto realizado com o apoio da Copel, por meio do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), da Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná.