Empreendimentos

Assinada aquisição ao Programa Invest Cidades

No dia 27 de abril a cidade de Tijucas do Sul recebeu a equipe da Invest Paraná, que fez uma apresentação do Programa Invest Cidades nas dependências da Câmara Municipal.

Estiveram presentes o Prefeito José Altair Moreira, seu Vice, Claudemir Pereira da Rocha além de secretários e vereadores.

Aproveitando a oportunidade, ontem dia 05 de maio, os gestores de nosso município estiveram no Escritório da Invest Paraná em Curitiba, para assinar a aquisição ao programa e firmar a parceria. Houve a tratativa para a busca de empreendimentos industriais para a cidade. Na ocasião foram acompanhados do empresário Luiz Vinhola, que pretende instalar uma área industrial no município e, a gestão está dando o apoio necessário, pois sabe-se que poderá ser um gerador de empregos futuros.

O programa Invest Cidades é uma ideia inovadora que traz uma tecnologia através de uma plataforma de informações que servirá tanto para empresas que queiram se instalar no município, quanto para as prefeituras atraírem possíveis investidores.

A plataforma é totalmente personalizável, reagindo de acordo com os interesses do município, suas particularidades e pontos fortes. Após uma alimentação de dados, a plataforma será uma ótima ferramenta para viabilizar e atrair possíveis empresas que queiram se instalar na cidade.

O Assessor de Desenvolvimento Econômico da agência, Márcio Wozniack, agradeceu a oportunidade, dizendo que Tijucas do Sul foi a primeira cidade a ser visitada. Reforçou a importância do programa para o desenvolvimento do município e se colocou à disposição.

Gustavo Cejas, Diretor de Novos Negócios da Invest Paraná, fez uma breve palestra demonstrando o funcionamento da plataforma e justificando como ela ajudaria o município.

Todos os gestores municipais se mostraram receptivos ao programa, sendo firmado essa parceria que futuramente poderá trazer um grande avanço para a nossa cidade.

Prefeito e Secretário de Indústria, Comércio e Trabalho visitam empreendimento do município

Na sexta-feira, dia 26 de março, o Prefeito José Altair Moreira (Gringo), juntamente com o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho, Juliano dos Santos, estiveram visitando a empresa GHG do Sr. Giovani Zeglin.

A GHG atua no ramo de compostagem, produzindo adubo orgânico para a área da agricultura. Atualmente ela está ampliando seus negócios, acreditando no crescimento e potencial da cidade. O empresário se mostrou otimista com a instalação da empresa em Tijucas do Sul, que irá processar e envasar parte de sua produção.

O empreendimento será um gerador de empregos para a região e estima-se que inicialmente sejam ofertadas 20 vagas.

Empresa Campo Alto Tijucas se reúne com gestores para comunicar mudanças

Na última quinta, 11, uma importante reunião nas dependências da Prefeitura Municipal apresentou o novo rumo que a empresa de ônibus intermunicipais Campo Alto Tijucas irá tomar.

A empresa foi negociada, e agora faz parte do grupo J. Marcondes. A notícia traz novidades para os munícipes, pois alguns serviços que a Campo Alto Tijucas vinha ofertando (e que, devido à pandemia, tinham sido severamente afetados) serão alterados em breve.

O Prefeito José Altair Moreira, e seu vice, Claudemir Pereira da Rocha, receberam em seu gabinete os antigos e novos donos, ressaltando na conversa a importância que a empresa tem para o nosso município, e principalmente agradecendo a família Zen pelos 70 anos de serviços prestados à cidade. Muito emocionados, os irmãos da família Zen, Zelmo e Zeila, que são filhos do fundador Maurício Zen, também agradeceram a oportunidade e a confiança por todo esse tempo em que a família administrou a Campo Alto Tijucas.

Os diretores da J. Marcondes agradeceram os gestores pela recepção e acolhida na cidade, e reforçam que entendem a importância que as linhas de transporte tem para os munícipes. O objetivo é o de melhorar os horários de ônibus para São José dos Pinhais, e trazer novas opções de fretamento e transporte de passageiros.

Nas palavras dos diretores da J. Marcondes: “Queremos prosperar e crescer junto com a cidade, atendendo da melhor forma possível cada um dos cidadãos tijuquenses, onde traremos um serviço de ainda mais qualidade. Agradecemos a todos, e nos colocamos à disposição da população”.

Agora a sede da empresa Campo Alto Tijucas ficará em nossa cidade, o que além de estreitar o relacionamento com o munícipe, consequentemente trará arrecadação para Tijucas do Sul. No próximo dia 22, a empresa se reunirá novamente com os gestores para tratar de assuntos pontuais.

Cooperativa de Orgânicos agora poderá utilizar a “Cozinha” do Matulão

A Unidade de Transformação Artesanal, comumente chamada de “cozinha”, localizada no Matulão agora passa a ser administrada pela Cooperativa de Orgânicos.

ENTENDA O CASO:

O local foi construído pelo instinto programa PARANÁ 12 MESES, que era um convênio entre o Governo Estadual com o Banco Mundial. Na época, a comunidade daria a mão de obra para o feitio, o governo subsidiaria os custos de material, enquanto a prefeitura cederia o terreno.

Na época a “cozinha” acabou não tendo interesse comunitário, e apenas 4 famílias pagaram pela mão de obra. Duas pessoas dessas famílias acabaram falecendo, surgindo assim, um impasse pela responsabilidade de gerir a unidade.

A Cooperativa dos Orgânicos de Tijucas do Sul, ressarciu essas famílias, para poder usar o espaço. Quem agora fica responsável pela unidade é o Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável, que de forma legal, terá a gerência da unidade pelos próximos 10 anos.

Toda a ação foi dividida com o Chefe do Núcleo Regional da SEAB-PR, João Carlos Rocha Almeida, que deu o aval dizendo que é a decisão mais assertiva.

Prefeitura busca regularização dos produtos orgânicos do município

No dia 08 de fevereiro, Sebrae, Prefeitura e a empresa Cooltivando se reuniram para debater um assunto de muito interesse para os nossos agricultores: a regularização dos produtores orgânicos dentro do município.

O objetivo é trazer esse tipo de assessoria para o município através do Sebrae, onde a Cooltivando estruturaria todo o processo, daria o treinamento e o acompanharia os primeiros meses.

A gestão tem muito interesse em difundir a agricultura orgânica dentro do município, pois está se estruturando para transformar a cidade na “Capital Nacional dos Orgânicos”.

Além desse assunto, o Sebrae prestou uma breve consultoria na questão do fomento da modalidade de confecção têxtil, auxiliando um empresário que tem o intuito de aumentar a produção e geração de emprego e renda nesse ramo dentro do município.

Tijucas do Sul trará curso sobre Turismo Rural através da FAEP/SENAR

Dia 11 de fevereiro estiveram reunidos na Prefeitura Municipal, o prefeito José Altair Moreira, seu vice Claudemir Pereira da Rocha, IDR (antiga Emater), Secretaria de Turismo e Meio Ambiente e Secretaria de Agricultura juntamente com o representante do Sistema FAEP/SENAR-PR, o supervisor da regional Curitiba, Alexandre W. Costa Marra.

A reunião teve o propósito de estruturar dentro do município o curso “Turismo Rural e Oportunidade de Negócios”. A intenção seria de começar pelas rotas turísticas que estão sendo formadas: Sergius Erdelyi, Rio de Uma e Campestre.

Estipula-se que o curso tenha início em março desse ano, tomando todos os cuidados de higiene e limite de pessoas, seguindo todos os decretos e normas em razão da pandemia da COVID-19.

Durante a reunião também foi levantada a questão da produção de ovos tipo caipira, modalidade que está se instalando no município. A FAEP ressaltou a possibilidade de trazer um profissional da cooperada FETAEP, para um curso sobre galinhas poedeiras, através do SENAR e Sindicato dos Agricultores.

Prefeitura busca empreendimentos da agricultura familiar

No último sábado, 16, o prefeito José Altair Moreira e seu vice Claudemir Pereira da Rocha, junto com a Secretaria de Agricultura, visitaram a propriedade do Sr. Irineu Setim na localidade do Morro Vermelho, onde se mantem viva a tradição do cultivo de vinho artesanal.

Priscila, uma das descendentes da família, diz que é uma tradição que vem sendo passada por seus antepassados ainda na Itália. Pelas contas da família é a sexta geração no Brasil. “Tia Inês é minha tia-avó, ela tem 82 anos e já cultiva as videiras em sua propriedade a cerca de 50 anos, mas antes disso, o vinho já era produzido na propriedade dos pais e avós dela que também se localiza na mesma região. Ela conta que desde pequena já tinham esta prática e ela ainda criança já ajudava na produção junto com os irmãos” relatou a jovem.

O modo de preparo se conserva artesanal e mantém a mesma prática de anos atrás. A data reúne todos os familiares e torna um encontro de trabalho e celebração mantendo viva a tradição e a união da família.

Os gestores estão em busca de empreendimentos que gerem empregos na agricultura familiar e enxergam nessa modalidade, uma boa oportunidade para a geração de emprego e renda.

Agricultura orgânica planeja novos rumos no município

Ontem, dia 21, reuniram-se nas dependências do auditório da prefeitura, líderes e representantes da agricultura orgânica de Tijucas do Sul. Também estiveram presentes o prefeito e seu vice, servidores, secretários municipais e vereadores. O objetivo da reunião era estreitar as relações com o executivo, para o avanço da modalidade na região.

O Sr. João Camilo, agricultor da região de Tabatinga, destacou, que para ele, foi a primeira vez que a Prefeitura abre um espaço para um diálogo tão direto com o agricultor, agradecendo a oportunidade.

O prefeito José Altair Moreira, além de se mostrar receptivo para com as demandas dos agricultores, destacou as conquistas que o município vem trabalhando para conseguir. Entre elas, a pavimentação de algumas ruas centrais, um recurso de R$ 950.000,00 para a adequação de estradas e a aquisição de 2 barracões no valor de R$ 1.600.000,00 que atenderá a agricultura, possivelmente na ideia de um grande projeto de reciclagem e compostagem.

O vice Claudemir Pereira da Rocha, fez questão de pontuar que esse projeto terá um futuro maravilhoso dentro de Tijucas do Sul.  “Prefeitura, cooperativas e os agricultores de modo geral precisam alinhar a conversa para que consigam trabalhar de forma unida” concluiu o vice prefeito.