Secretaria de Saúde e IPTRAN promovem exposição de “Brinquedos Órfãos”

A Prefeitura de Tijucas do Sul, através da Secretaria de Saúde e o Instituto Paz No Trânsito (IPTRAN) promoveram hoje, 18 de maio, a exposição “Brinquedos Órfãos”. Com a proposta de conscientizar as pessoas sobre a responsabilidade no trânsito, a exposição apresenta brinquedos de vítimas fatais de acidentes, junto com uma foto e o nome da criança.

Ao longo do dia diversos jovens, adultos e idosos visitaram a impactante exposição, que faz parte das atividades do movimento Maio Amarelo e que contou com atividades da equipe de fisioterapia da Secretaria de Saúde de Tijucas do Sul. As fisioterapeutas realizaram simulados com os participantes, que tentaram andar de olhos vendados, muletas ou cadeiras de rodas, sentindo as dificuldades que vítimas não fatais de trânsito podem ter após o acidente, no caso de sequelas, como: cegueira, amputação de membros e paralisia.

No Brasil, segundo a ONG Criança Segura, a principal causa de morte acidental entre crianças de zero aos 14 anos é o trânsito. Em 2015, os acidentes de trânsito que mais vitimaram crianças dessa faixa etária foram acidentes de carro (34%); atropelamentos (30%); moto (10%); bicicleta (6%) e outros (20%), sendo que 42,33% do total de óbitos foram de crianças com idade entre 10 e 14 anos.

Os números registraram quedas nos últimos anos, que passando de 1.654 mortes em 2014 para 1.389 em 2015, uma diminuição de 16%. De 2001 a 2015, o número de mortes de crianças no trânsito caiu 42%.  Apesar da diminuição, os números ainda são bastante altos em relação às demais causas de mortes acidentais nessa faixa etária, como afogamento, segunda maior causa de óbitos, que caíram de 1.045 casos para 943 entre 2014 e 2015.